Até quando ser auto-suficiente?

“O homem não pode receber coisa alguma se do Céu não lhe for dada.” João 3.27

É comum hoje em dia, seja em um grupo de amigos ou família reunida, ver pessoas auto-suficientes. E isso independe da crença religiosa. A sociedade em si, é auto-suficiente. O que é algo bom, de certa forma. Mulheres não dependem mais dos homens para absolutamente nada. Filhos não dependem tanto dos pais. Pessoas podem sim viver sozinhas, sem a necessidade de ter alguém. Mas todos nós precisamos de Deus. Até porque, como diz em Sua palavra por diversas vezes, somos totalmente dependentes Dele, a partir do momento que é através Dele que somos beneficiados, vem Dele o sustento e tudo o que desejamos.

Mas, como vivemos em uma sociedade influente, mesmo tendo a consciência de que nada é possível sem Deus, sendo Ele quem tira e lhe dá tudo, nos tornamos também auto-suficientes.

Passamos a achar que para conquistar algo (emprego, faculdade, bens materiais…), é necessário esforço da nossa parte, uma ideia brilhante, inteligência e muita força de vontade.

Quando se trata de namoro, é necessário se portar como um homem/uma mulher descente, ter iniciativa e tomar atitudes. Confie no seu taco, isso basta.

É daí por diante. Se ganho algo, o mérito é meu. Se perco, é porque não sou bom ou não me esforcei.

Mas onde Deus entra nessa história? Então Ele não participa da sua vida? Ele passa a ser, nada mais, nada menos do que um Espírito. Alguém que você se lembra na hora de dizer: “graças a Deus” ou “pelo amor de Deus”. Mas, quem é Deus na sua vida?

Aí está o problema da auto-suficiência.

A palavra de Deus não mente. Se foi dito que você não recebe coisa alguma sem a vontade de Deus, assim será. Assim é.

O Deus que cremos está vivo! Não é uma estátua que você adora e ponto. Deus tem participação em TUDO na sua vida. As coisas boas é Ele quem te dá (ainda que você não mereça, talvez para lhe provar). As ruins, Ele permite que venham acontecer para que você reconheça que sem Ele você não é nada (talvez também para provar a sua fé).

Às vezes, algo ainda não deu certo para você porque você achou que poderia fazer sozinho (a), conquistar sozinho (a). E pode ser até que você tenha recebido bênçãos, mas acredite, é Deus, vem de Deus. Bênçãos não vêm de outro lugar, se não for dos céus. Nada passa da vontade de Deus. O tempo não é o seu, é Dele.

Quando se é auto-suficiente, suas bênçãos tornam-se maldições, por não serem bem administradas.

Depender de Deus te faz crer que tanto as coisas boas como as ruins vêm Dele, e há um propósito para isso. Você não pediu a Deus que fosse feita a vontade Dele tanto na terra, como nos céus? É o preço que se paga pela felicidade e o prazer de servir a Deus. Como estímulo, sua salvação eterna.

Texto: Amanda Madureira

Thiago Teixeira

Idealizou o Filhos da Fé junto de seu amigo, Amaury. Desenvolve seu talento diariamente em prol do amor as almas. | Email: thiago@filhosdafe.blog.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *