Fazer x Ser

Alguns acontecimentos me fizeram pensar no “ser e fazer”. E dai surgiu a pergunta: O servo do Senhor Jesus é ou faz?

Medite: Quem faz, nem sempre é. Mas quem é, sempre faz.

O fazer está disponível a todos nós, é só querer. Quando se refere à fazer para o Senhor Jesus, muitos fazem em salvar, limpar a igreja, ser útil de alguma forma para a Obra de Deus. Mas nem sempre o que faz, é de fato e de verdade servo e seguidor do Senhor Jesus.

E com isso você pensa: “Ah, essa é uma desculpa para se acomodar com os afazeres que a igreja tem.” Pensou errado! Entenda: Tão importante quanto ser é fazer. Mas ao contrário daquela pessoa que apenas faz para mostrar, quem é também faz, porém é visto. Quem é, faz!

Lembro-me que um pastor uma vez disse: Você não tem que mostrar para ninguém quem você é, as pessoas simplesmente tem que ver.

Quem é não força para mostrar suas atitudes. Elas são naturais, por que faz parte de sua natureza. Essa pessoa é serva. Ela não precisa ter título para servir, nem condições, nem aparência, nem nada. Ela simplesmente é. E por ser, tudo o que ela faz é puro, é sincero, e consequentemente quem está de fora vê que suas intenções são reais e puras. São intenções de servo. Ela não precisa forçar para que ninguém goste dela. O carinho que as pessoas tem por ela é um carinho sincero, um carinho que muita das vezes surge “do nada”, as pessoas gostam dela de graça.

E quem faz? Até faz, e faz força para mostrar quem é. Todos vêem, sem exceção, afinal ela é sempre a mais prestativa, mas por ela não ser, ela não transmite o brilho do Senhor Jesus. E essa diferença é clara, óbvia.

Quem somente faz não se preocupa em agradar o Senhor Jesus, não se preocupa em amar e orar por aqueles que a odeiam,  essa pessoa não pensa duas vezes antes de julgar ou apontar o dedo. Seu semblante é sério e apagado. Não sorri, e tem um espírito competitivo. Enfim, de que adianta se dizer servo de Deus, se não tem capacidade de obedecê-Lo?

Pense no seguinte: é mais fácil limpar uma igreja (fazer) ou orar e amar o meu próximo que tem me perseguido e odiado (ser)?

Obedecer ao Senhor Jesus, além de salvar e zelar pela casa de Deus é renunciar aos sentimentos do seu coração. E ouvir a Sua palavra. E Sua palavra nos faz ser.

Se Jesus é a Palavra, então há de se praticar Essa Palavra!

Espero ter ajudado.

Texto: Priscila Brandão

Imagem: Internet

Camila Teixeira

Casada e serva de Deus. Vivo pela fé inteligente e tenho como objetivo aprender e ensinar | camila@filhosdafe.blog.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *