O Bagaço

Quando você faz um suco, utiliza o bagaço ou a parte boa da fruta? Ninguém em sã consciência tomaria um suco de bagaço, ao invés de um delicioso suco direto da fruta.

Mas em relação ao nosso próximo? Será que estamos extraindo o melhor das pessoas, ou só estamos vendo os seus “bagaços”? A verdade é que muitas pessoas têm facilidade de ver os defeitos dos outros e se esquecem que elas mesmas também possuem muitos defeitos (e por sinal, o maior deles é o de julgar as pessoas).

O resultado de tanto julgamento é uma vida amargurada e cheia de rancor. Quando aprendemos a ver as pessoas com bons olhos, percebemos quanto tempo perdermos criticando as pessoas, e quantas coisas boas deixamos de viver por causa da nossa intolerância. Procure enxergar o lado bom das pessoas, por mais que algumas pareçam não ter esse lado.

A vida é muito curta para vivermos cheios de rancor, mágoa ou qualquer sentimento contra alguém. Pense que não vale a pena se chatear por causa da falha dos outros. Passe por cima disso, pois a sua vida e sua felicidade, são muito valiosas para serem desperdiçadas com pensamentos e palavras de crítica.

Por isso veja as pessoas como você gostaria de ser visto: “Não julgueis, para que não sejais julgados.” Mateus 7.1

Imagem: Internet

Thiago Teixeira

Idealizou o Filhos da Fé junto de seu amigo, Amaury. Desenvolve seu talento diariamente em prol do amor as almas. | Email: thiago@filhosdafe.blog.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *