O temor a Deus

Pensando sobre o que é o temor a Deus, percebi que hoje em dia esse é um fator que está muito perdido. Falo isso justamente por aqueles que estão dentro da igreja. Ser da igreja, ou ter um título dentro dela ou algo similar, não quer dizer que você seja de Deus.

A questão não é julgar, mas penso comigo que se alguém é de Deus o temor (respeito) à Ele é prioridade. Muitos pensam que temer é apenas não pecar, mas o temor a Deus vai além disso.

Suas escolhas e atitudes provam o seu temor à Ele. O temor a Deus está em tudo o que somos e desejamos ser. Não há como temer a Ele se nossas palavras, atitudes, sonhos e desejos na vida não forem direcionados a um único objetivo: Glorificá-Lo.

Deus não se manifesta na vida de muitos pela falta de seriedade em relação a Sua Palavra. Levam propósitos e campanhas da igreja na brincadeira, escolhem “certas” profissões pelo status que podem ter daqui algum tempo, contam umas mentirinhas bem pequenininhas para conseguirem o que querem, saem falando o que bem entendem, o que pensam e vem na cabeça como se fosse a coisa mais natural, brincam com tudo. E dai pensam: não estou pecando, o que tem demais nisso?

Você até pode conseguir um status entre seus amigos, algum tipo de “fama”, mas tenha certeza, a falta de temor nas escolhas e atitudes de hoje, é a frustração de amanhã.

Tudo nesse mundo é vaidade, tudo passa, e é justamente através dessas “brechas” que o diabo tem liberdade para agir.

Temer a Deus é obedecer Sua Palavra – Leia a Bíblia e toda a lição que você precisa para ser uma pessoa temente a Deus através de suas escolhas e comportamento, está lá.

Imagem: Shutterstock

Texto: Priscila Brandão

Camila Teixeira

Casada e serva de Deus. Vivo pela fé inteligente e tenho como objetivo aprender e ensinar | camila@filhosdafe.blog.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *