Prova de fé e sacrifício

Entre os muitos deuses egípcios havia um, cuja cabeça era de ovelha/cordeiro. Por conta disso, os pastores de ovelhas não eram bem vindos entre eles. O remover de sua lã e, em especial, seu sacrifício afrontava a fé egípcia.

O pedido Divino do sacrifício de um cordeiro e exposição de seu sangue nos umbrais da porta de entrada da casa não deve ter sido tarefa nada fácil para os israelitas. Exigiria coragem. Certamente, isso insultaria os egípcios e os tornaria mais agressivos aos judeus.

Os filhos de Israel tiveram de escolher entre sacrificar a Deus e correr risco de vida ou excluir-se disso e “salvar” a própria pele.

A cada instante da vida os convertidos passam pelo mesmo dilema diante do mundo. Ai está a prova de sua fé.

Temos aprendido que o exercício da fé é mais uma questão de atitude de coragem em obedecer a voz de Deus do que senti-Lo.

Porquanto, quem quiser salvar a sua vida perdê-la-á; e quem perder a vida por Minha causa achá-la-á. Mateus 16.25

Ninguém se salva movido por sentimentos. A salvação exige atitude, ação ou materialização da fé. Ou seja, coragem!

Imagem: Internet

Thiago Teixeira

Idealizou o Filhos da Fé junto de seu amigo, Amaury. Desenvolve seu talento diariamente em prol do amor as almas. | Email: thiago@filhosdafe.blog.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *