Ser alguém

Quando crianças, crescemos ouvindo os adultos questionando sobre nosso futuro com perguntas que todos já ouviram: “O que você quer ser quando crescer? Qual profissão que seguir? Quem você quer ser?”.  Entre tantas e tantas perguntas, existe apenas um único objetivo: “Ser alguém!”.

Muitas são as pessoas que alcançaram sucesso profissional, formaram famílias, conquistaram e estabeleceram, mas, quem são elas? Profissionais em diversos segmentos, médicos, advogados, professores, enfim, se tornaram “alguém” em meio a sociedade, alguns se destacam mais que outros, mas todos passaram por situações difíceis para chegar onde estão e se tornarem um “alguém”.

Ser “alguém” no mundo em que vivemos é importante, mas o que temos sido para Deus? Na bíblia, encontramos o exemplo do Senhor Jesus, quando estava na terra como homem sujeito a falhas e erros, Ele foi conhecido como alguém que fazia milagres, curava os enfermos e expulsava demônios. Havia vários homens em Israel, inclusive discípulos que através do Nome Dele, faziam coisas maravilhosas, mas o Filho de Deus foi escolhido para ser o “alguém” que entregaria a própria vida por aquele povo, “alguém” que levaria sobre a cruz todos os pecados da humanidade, se tornando o Rei dos reis. Poderia ter sido outra criança, gerado em outra mulher, mas não! O escolhido a ser esse “alguém” foi Jesus de Nazaré.

E você? Em meio a tantas e tantas pessoas no mundo, tem sido mais uma, ou tem sido “alguém” que faz a diferença? Reflita sobre seus atos e veja se aquelas respostas de criança sobre ser “alguém” tem sido alcançada somente no meio pessoal e profissional, deixando de lado o mais importante que é o espiritual. Quem você tem sido perante Deus? Quer ser mais um ou ser aquele “alguém?”.

Tatiane Bicigo

Email: tatibicigo@filhosdafe.blog.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *