Tempestades da Mente

E eis que sobreveio no mar uma grande tempestade, de sorte que o barco era varrido pelas ondas. Entretanto Jesus dormia. Mas os discípulos vieram acordá-lo, clamando: Senhor, salva-nos! Pereceremos! Perguntou-lhes, então Jesus: Por que sois tímidos, homens de pequena fé? E, levantando-se, repreendeu os ventos e o mar; e fez-se grande bonança. Mateus 8 24-25

Digamos que os ventos fortes e as ondas representam os problemas, e problema é algo que todos têm, o que diferencia é a maneira como cada um reage diante deles. Observe que os discípulos ao perceberem os ventos fortes e as ondas, automaticamente entraram em desespero, que dizer a tempestade não estava mais somente diante deles, mas como também dentro da mente de cada um, ou seja, ao avistarem o problema suas mentes foram tomadas por uma tempestade de pensamentos negativos, ao ponto até de afirmarem que pereceriam. Agora, note que Jesus ao acordar e ver a tempestade e todo o desespero de seus discípulos, mesmo Ele vendo todos esses problemas  sua mente se mantinha tranquila e em paz, tanto é que naquele momento Ele sabia exatamente o que dizer e o que fazer.

“…E levantando-se, repreendeu os ventos e o mar; e fez-se grande bonança.”

Os discípulos poderiam muito bem fazer o que Jesus fez, mas não fizeram porque em suas mentes  havia uma tempestade maior do que a que estava diante deles , isso fez com que ficassem impossibilitados de encontrar  uma solução para aquele problema, uma vez que em suas mentes só se passavam pensamentos negativos, como por exemplo a possibilidade de morte.

O mesmo aconteceu com Pedro que ao avistar Jesus andando por sobre as águas disse: “Senhor, se és Tu, manda-me ir ter contigo, por sobre as águas.” E Jesus de uma certa forma a testar a fé de Pedro disse: Vem!

Naquele momento Pedro estava tomado de uma fé sobrenatural, sua mente estava em paz, tranquila, ele estava tão certo de que poderia fazer aquilo que sem perceber assim como Jesus, quebrou uma lei fixa regida por Deus na Terra, a chamada, lei da gravidade. O problema foi que, enquanto Pedro mantinha os olhos fixos em seu objetivo que era chegar até Jesus sua fé estava em alta, mais foi só ele tirar o foco de Jesus que avistou as ondas e os ventos fortes, automaticamente sua mente que estava até então em paz, tranquila, foi tomada por uma tempestade de pensamentos negativos, e sua fé que outrora estava em alta, diminuiu, a consequência disto foi que ele começou a afundar, e o mesmo que Jesus disse para os outros discípulos disse também para Pedro: Homem de pequena fé!” E ainda acrescentou perguntando: “Por que duvidaste?” Mateus 14.13

O que eu quero que você entenda amigo leitor, é que a nossa fé esta liga aos nossos pensamentos, de maneira que quem tem uma mente em paz, tranquila, sabe exatamente o que fazer e o que falar no momento em que os problemas vierem.

Quem tem uma mente em paz, tranquila é porque sabe que não existe problemas maior que o Deus a quem ela serve, ela confia, e por isso sua fé esta em alta.

Ao contrario de quem tem uma mente conturbada, isso acontece porque ela tem duvidas em relação a vitória sobre os problemas na qual ela enfrenta, e como já sabemos, a dúvida neutraliza a ação da fé.

Amigo leitor, nunca esqueça, Jesus esta no mesmo barco que você, então temer por quê?

Acalme a tempestade de sua mente. Lembre-se, existe algo poderoso dentro de você, a fé, use-a de maneira inteligente, consciente, pois ela tem o poder até de romper as leis fixas da natureza. Muitos não sabem, mas a fé é um pedacinho de Deus  dentro de cada um.

Deus abençoe!

Wandresson Souza

O seu destino eterno não é algo que resultará do acaso e sim da escolha que fizer | Email: wandsouza@filhosdafe.blog.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *