Vai ter com a formiga

A formiga é um inseto que trabalha em unidade. Alguns estudiosos, pesquisando a espécie numa mata, observavam várias formigas caminhando enfileiradas que, em um determinado momento, pararam ao se depararem com um rio no meio do caminho. Imediatamente algumas formaram uma ponte, unindo-se uma a outra; e quando todas passaram, cansadas, caíram e morreram afogadas. Elas deram a vida pelas demais, ou seja, estavam em um só espírito, trabalhando numa completa e total unidade.
O próprio Deus, na Sua Palavra, faz menção da ausência de preguiça nas formigas:

“Vai ter com a formiga, ó preguiçoso, considera os seus caminhos e sê sábio. Não tendo ela chefe, nem oficial, nem comandante, no estio, prepara o seu pão, na sega, ajunta o seu mantimento.” Provérbios 6.6-8

Ele nos deu além da inteligência, a terra, a semente, as quatro estações do ano, os braços e pernas, para que venhamos fazer a nossa parte e não fiquemos esperando o fruto cair do céu ou que outros venham trazê-lo em nossas mãos.

A formiga trabalha duro, incessantemente, reservando-se para o futuro. E por ser trabalhadora, ela vence todos os seus obstáculos. Semelhantemente é a fé que também exige trabalho e atividade constante no seu exercício. Por isso ela não pode ser teórica, mas colocada em prática.

O homem precisa aprender a materializar a sua fé e, para isso, tem que ter coragem e ânimo para ir à luta. Ainda que encontre problemas, mas, com certeza, irá vencer.

Na realidade, as bênçãos dependem de um conjunto, de um trabalho de Deus com você e de você com Deus. É uma parceria assim, como o marido é parceiro de sua esposa (e vice-versa). Deus é parceiro do homem nas conquistas, mas é preciso que o homem tome atitudes e faça aquilo que Deus não pode fazer. Deus é espírito, e o homem, carne. Ocorre da seguinte forma: o espírito de Deus vem sobre o homem e lhe dá forças para lutar e vencer. É assim que acontece o milagre do verdadeiro encontro.

Ao buscarmos o Espírito de Deus, recebemos a Sua força, energia que vem do céu, e aí nos tornamos dispostos e determinados para lutar e vencer!

Por isso é que Deus faz uma severa advertência contra o preguiçoso, mandando-o observar a formiga que, mesmo não tendo comandante ou um dirigente, sabe o que vai fazer. Cada um sabe da responsabilidade de fazer a sua parte.

Amigo leitor, Deus também lhe deu talento e o capacitou para também fazer aquilo que tem de ser feito. Faça a sua parte, e Deus fará a d’Éle. Porém, se você não cumpre a sua parte, Ele fica desobrigado de fazer a dEle.

Todos os milagres relatados na Bíblia teve a participação do ser humano. Depois que Deus criou Adão e Eva, jamais operou um milagre sozinho.

Tanto é que, ao criar os animais, incumbiu a Adão de dar nome aos mesmos, por quê? Porque Ele não tinha a pretenção de fazer tudo sozinho. E ainda hoje, Deus quer que sejamos Seus parceiros e aliados na realização dos nossos sonhos.

Já o preguiçoso fica deitado, parado, vendo a “banda passar”. E por isso não conquista nada.

“Ó preguiçoso, até quando ficarás deitado?” Provérbio 6.9

A Igreja Universal é uma instituição que abre as suas portas de segunda a segunda, de janeiro a janeiro, o dia todo, de manhã, à tarde e à noite.

Temos visto muitos aventureiros indolentes e preguiçosos, ingressando na obra de Deus por acreditarem que achariam moleza e facilidade.

Aliás, aquele que trabalha não pode ter uma vida semelhante ao do preguiçoso. Nesse caso, a igualdade é uma grande injustiça!

E, se o candidato à obra de Deus não orar, jejuar, chorar na presença de Deus pelo povo, se ele não sacrificar a própria vida e lutar para que o seu trabalho desenvolva, jamais logrará êxito, e a sua fé jamais irá se desenvolver. E o seu trabalho se tornará palha.

Que Deus abençoe todos abundantemente.

Texto: Bispo Macedo

Thiago Teixeira

Idealizou o Filhos da Fé junto de seu amigo, Amaury. Desenvolve seu talento diariamente em prol do amor as almas. | Email: thiago@filhosdafe.blog.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *