Você é um peso?

Ninguém gosta de sentir um peso. O peso é capaz de sufocar, ser desconfortável. A mente pesada martela, gela o corpo, acelera o coração, deixa apreensivo. Todos preferem o peso longe de si.

Espiritualmente também é assim. Costumei aprender sobre o Espírito Santo: nem todos que dizem falar em línguas possuem o Espírito Divino. Sabemos quem realmente são batizados pelas obras, pelos frutos gerados.

Consideram-se um peso aquelas pessoas que precisam falar do erro dos outros para dizer o que faz de correto. Aquelas pessoas que nunca falam mal de alguém, mas aquela pessoa… ela não suporta. E se hoje ela não fala mal de alguém, algo em sua casa lhe causou um desconforto. E todos ao seu redor? Não fazem nada, tudo quem faz é ela mesma.

São pessoas sempre INDIGNADAS, CANSADAS e FARTAS. Pessoas que nunca são procuradas para uma ajuda  porque ao invés de passarem paz, passam a guerra. Pessoas que ao invés do ombro, lhe dão o tapa para mostrar ainda mais o erro.

Os maus frutos são algo para se cuidar, pois o ser humano por si mesmo tem o instinto de comparar as pessoas. Quem trabalha mais ou quem trabalha menos, quem é e quem não é. Mas o guardar para si os próprios pensamentos é para os leves, os dos bons frutos.

Os que geram bons frutos estão sempre rodeados. Não por terem sempre uma “panelinha”, mas por todos desejarem estar ao seu lado. Sempre defendem o próximo, olham com bons olhos, e preferem se queimar para não acusar um terceiro. São pessoas preciosas, brandas, e das quais todos admiram e querem ser. Transmitem seu Espírito Divino não com oração ou muitas palavras, apenas pelo semblante sincero.

A Bíblia não mente:

“São os olhos a lâmpada do corpo. Se os teus olhos forem bons, todo o teu corpo será luminoso;se, porém, os teus olhos forem maus, todo o teu corpo estará em trevas. Portanto, caso a luz que em ti há sejam trevas, que grandes trevas serão!” Mateus 6.22-23

Texto: Debora Silva

Thiago Teixeira

Idealizou o Filhos da Fé junto de seu amigo, Amaury. Desenvolve seu talento diariamente em prol do amor as almas. | Email: thiago@filhosdafe.blog.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *